Sentido Moral, República e Instrução Pública

  • Tiago Anderson Brutti

Resumo

Shaftesbury, Hutcheson, Smith e Condorcet expressam a convicção segundo a qual os homens podem orientar suas ações de acordo com inclinações naturais ao bem e à felicidade comum. Condorcet, partindo dessa compreensão, argumenta que os princípios republicanos, assim como a instrução pública que lhes corresponde, devem favorecer o desenvolvimento dos sentimentos morais.

Biografia do Autor

Tiago Anderson Brutti
Mestre em Educação nas Ciências e bacharel em Direito pela Unijuí.
Publicado
2013-05-14
Como Citar
Brutti, T. (2013). Sentido Moral, República e Instrução Pública. Revista Contexto & Educação, 24(82), 83-95. https://doi.org/10.21527/2179-1309.2009.82.83-95