EPISTEMOLOGIA DA COMPLEXIDADE E METODOLOGIA DE PROJETOS NA EDUCAÇÃO BÁSICA: CAMINHOS POSSÍVEIS PARA A INTER E TRANSDISCIPLINARIDADE

CAMINHOS POSSÍVEIS PARA A INTER E TRANSDISCIPLINARIDADE

  • Marcio Antonio Raiol Santos UFPA
  • Lívia Maria Neves Bentes
  • Nádia dos Passos Serique

Resumo

Este artigo apresenta quatro temas que se interpenetram: a Teoria da Complexidade, a Interdisciplinaridade, a Transdisciplinaridade e a Metodologia de Projetos. Nele procuramos articular a fundamentação teórico-metodológica da Interdisciplinaridade e da Transdisciplinaridade, a partir de uma perspectiva de aproximação e complementariedade, alicerçada na epistemologia da Complexidade. Tomando como premissa a necessidade de produção de um conhecimento pertinente no âmbito da Educação Básica, com vistas à valorização da realidade dos educandos, bem como de seu protagonismo nos processos educativos, lançamos como proposta metodológica a utilização da Metodologia de Projetos. A partir deste contexto, nosso principal objetivo é contribuir com as discussões sobre a Interdisciplinaridade e a Transdisciplinaridade na Educação Básica, destacando nesse contexto o papel dos docentes como possíveis catalisadores do processo de planejamento/execução de ações que direcionem o cotidiano da escola para a realidade complexa em que a sociedade contemporânea se insere.

Publicado
2018-09-19
Como Citar
SantosM., BentesL. M., & SeriqueN. (2018). EPISTEMOLOGIA DA COMPLEXIDADE E METODOLOGIA DE PROJETOS NA EDUCAÇÃO BÁSICA: CAMINHOS POSSÍVEIS PARA A INTER E TRANSDISCIPLINARIDADE. Revista Contexto & Educação, 33(106), 21-40. https://doi.org/10.21527/2179-1309.2018.106.21-40
Seção
Dossiê: Pensamento Complexo e Transdisciplinar: desafios educacionais