O MOVIMENTO ESCOLA SEM PARTIDO E A CRIMINALIZAÇÃO IDEOLÓGICA NA EDUCAÇÃO BRASILEIRA CONTEMPORÂNEA

  • Celso Gabatz UNISINOS

Resumo

O Movimento Escola Sem Partido (ESP) propõe uma lógica discursiva na qual deveria existir uma neutralidade do conhecimento e dos sujeitos no âmbito da educação. Trata-se em um contexto mais amplo, de uma perspectiva de construção de uma escola do pensamento único, pautada pelos parâmetros da racionalidade técnica e que vem ganhando força e adesão nos últimos anos. É uma educação que tem como finalidade atender aos interesses de quem vislumbra a formação humana em função da lógica do mercado e que, portanto, amplia mecanismos de controle e padronização de práticas educativas. 

Biografia do Autor

Celso Gabatz, UNISINOS

Doutor pelo Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS). Mestre em História Regional pelo Programa de Pós-Graduação em História da Universidade de Passo Fundo (UPF). Especialização em Ciência da Religião e em Docência no Ensino Superior. Possui Graduação em Teologia (Bacharelado) pelas Faculdades EST de São Leopoldo, RS. Graduação em Sociologia (Bacharelado e Licenciatura) pela Universidade do Noroeste do Rio Grande do Sul (UNIJUI). Graduação em Filosofia (Licenciatura) pelo Centro Universitário Claretiano (CEUCLAR) de Batatais, SP. Membro Associado da Associação Brasileira de História das Religiões (ABHR); da Associação dos Cientistas Sociais de Religião do Mercosul (ACSRM) e da Sociedade Brasileira de Sociologia (SBS). Tem experiência na área da Sociologia, Teologia, Filosofia, Direito, História e Educação. Pesquisador de temas relacionados às religiões e religiosidades e suas conexões com a diversidade, identidade, fundamentalismos, intolerâncias, direitos humanos, questões de gênero e laicidade. Integra o Grupo de Pesquisa Religiões e Sociedade (UNISINOS) e Teologia Pública em Perspectiva Latino Americana (Faculdades EST)

Publicado
2018-02-21
Como Citar
Gabatz, C. (2018). O MOVIMENTO ESCOLA SEM PARTIDO E A CRIMINALIZAÇÃO IDEOLÓGICA NA EDUCAÇÃO BRASILEIRA CONTEMPORÂNEA. Revista Contexto & Educação, 33(104), 323-345. https://doi.org/10.21527/2179-1309.2018.104.323-345