Foco e Escopo

A revista DESENVOLVIMENTO EM QUESTÃO é uma publicação do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional da Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul – UNIJUÍ, tendo como orientação constituir-se num espaço para a veiculação de artigos, ensaios e resenhas de diferentes áreas do conhecimento, tendo por temática de fundo a questão do desenvolvimento: possibilidades, limites, impactos, atores; espacialidade e historicidade;  sustentabilidade econômica, social e ambiental de sistemas socioeconômicos; relações de poder; geração e apropriação de riqueza e renda; desigualdade.

 

Diretrizes para Autores

A Desenvolvimento em Questão é um periódico voltado prioritariamente ao público da pós-graduação stricto sensu e aceita submissões de artigos científicos, de natureza teórico-empírica, com resultados de pesquisas nas grandes áreas das Ciências Sociais Aplicadas e Humanas cujo objeto de estudo tenha relação com o tema do desenvolvimento, foco e escopo da revista.

Além de artigos também podem ser feitas submissões de resenhas de livros cuja data de publicação, no momento da submissão, seja de até 5 anos.  

O primeiro autor deve possuir título de doutor ser o autor correspondente, responsável por todos os contatos referentes ao texto submetido com os editores da Desenvolvimento em Questão.

Além do primeiro autor e responsável pela submissão a submissão poderá ter no máximo quatro coautores, preferencialmente doutores, doutorandos, mestres e mestrandos.

Os dados do primeiro autor e dos coautores devem constar no campo específico dos autores no passo 3, “INCLUSÃO DE METADADOS”, do processo da submissão.

 

Normas de publicação

Todos os textos submetidos à Desenvolvimento em Questão devem ser apresentados em formato eletrônico, digitados em processadores de texto, como Microsoft Word, ou compatível com ele. Os manuscritos devem seguir a ABNT, obedecendo as seguintes regras de formatação:

  1. Os artigos devem ter o mínimo de quinze (15) e o máximo de vinte e cinco (25) páginas e as resenhas entre oito (8) e doze (12) páginas.
  2. Os textos podem ser submetidos em Português, Inglês e Espanhol e devem estar digitados em fonte Times New Roman, tamanho 12, papel formato A4, margens superior e esquerda de 3 cm e inferior e direita de 2 cm, com espaçamento entre linhas de 1,5 cm.
  3. Os artigos deverão conter, obrigatoriamente, em suas páginas iniciais: a) o título do trabalho; b) o título em inglês; c) o resumo, com 150 a 250 palavras, contendo o tema, objetivo, metodologia, resultados e conclusões, d) de três a seis palavras-chave em Português, e) o Abstract e, f) de três a seis Keywords.

ATENÇÃO: no corpo do documento do artigo a ser submetido não poderá conter nenhuma possibilidade de identificação de autoria do texto.

  1. Uma folha de rosto dos artigos deverá ser submetida como “Documento Suplementar”, contendo: i) título do artigo; ii) por ordem e para cada autor: a) a maior titulação (doutor[a] em Desenvolvimento Regional pela Universidade de Santa Cruz do Sul; OU mestre em Administração pela Universidade Federal de Santa Maria; OU graduado[a] em História pela Universidade de Passo Fundo. ATENÇÃO: pós-doutorado ou curso em andamento nãosão titulações), b) o vínculo institucional (professor; pesquisador; aluno de mestrado em [...], doutorado em [...]), c) o nome completo da instituição com a qual mantém o vínculo, a cidade, estado, país e endereço eletrônico (e-mail).
  2. Tabelas e figuras deverão ser apresentadas de forma clara, numeradas sequencialmente dentro do artigo, com título (na parte superior) e fonte (abaixo). Em caso de ilustrações mais elaboradas (mapas, fotos, figuras, gráficos), deverá ser enviado, como documento(s) suplementar(es), arquivo no formato original de sua formatação.
  3. As referências a autores no decorrer do artigo devem subordinar-se ao sistema autor-data: (SOBRENOME de autor, data) ou (SOBRENOME de autor, data, página), quando se tratar de transcrição. Ex.: (OFFE, 1996) ou (OFFE, 1996, p. 64). Diferentes títulos do mesmo autor publicados no mesmo ano serão identificados por uma letra após a data. Ex.: (EVANS, 1989a), (EVANS, 1989b).
  4. As referências bibliográficas utilizadas serão apresentadas no final do artigo, listadas em ordem alfabética, obedecendo às seguintes normas:

Livro: SOBRENOME, Nome (abreviado) do(s) autor(es). Título (em itálico): subtítulo (normal). Número da edição, caso não seja a primeira. Local da publicação: nome da editora. Ano da publicação.

Coletânea: SOBRENOME, Nome (abreviado) do(s) autor(es) do capítulo. Título do capítulo. In: SOBRENOME, Nome (abreviado) do(s) organizador(es). Título da coletânea em itálico: subtítulo. Número da edição, caso não seja a primeira. Local da publicação: nome da editora. Página inicial e final do capítulo, ano da publicação.

Artigo em periódico: SOBRENOME, Nome (abreviado) do(s) autor(es). Título do artigo. Nome do periódico em itálico, Local da publicação, volume e número do periódico, Página inicial e final do artigo, ano da publicação.

Dissertações e teses: SOBRENOME, Nome (abreviado) título em itálico. Local. Dissertação (mestrado) ou Tese (doutorado). Instituição em que foi apresentada, Local da instituição. Ano.

Internet (documentos eletrônicos): SOBRENOME, Nome (abreviado). (ano). título em itálico. Disponível em: [endereço de acesso]. Acesso em: [data de acesso].

  1. As notas de rodapé devem ser numeradas no fim de página e utilizadas apenas quando efetivamente necessárias. Não usar nota de rodapé para informar referências bibliográficas.

 

Sobre o processo de avaliação e as Decisões Editoriais

Os textos submetidos à Desenvolvimento em Questão serão apreciados de acordo com as normas do periódico. Os artigos são designados a avaliadores, enquanto as resenhas são avaliadas apenas pelos membros do Comitê Editorial. Os avaliadores não terão conhecimento do nome e da afiliação institucional do autor e vice-versa (avaliação cega por pares).

Etapas de avaliação:

1) Numa primeira etapa o manuscrito será apreciado pelos membros do Comitê Editorial que verificarão a sua adequação aos critérios gerais da revista e à política editorial. Serão recusados já nesta etapa artigos que: a) se configurarem como simples revisão bibliográfica; recorte de dissertação, tese, projeto ou relatório de pesquisa sem a devida adaptação; b) forem excessivamente descritivos e pouco analíticos; c) não apresentarem contribuição significativa para a área de conhecimento; d) não seguirem as normas de publicação da revista. Artigos recusados nesta etapa serão arquivados e os aprovados seguirão para a etapa seguinte.

2) Apreciação por pares: os artigos serão avaliados por dois especialistas da área temática dentre os consultores ad hoc inscritos como membros do Comitê Científico/Avaliadores da revista, pertencentes a diferentes instituições brasileiras e de outros países. A avaliação é duplo-cega, em que a identidade tanto do revisor como do autor são ocultadas de ambas as partes.

Os avaliadores farão a apreciação do artigo levando em consideração as seguintes diretrizes de avaliação: Clareza de redação, fluidez da leitura compatibilidade com um documento científico; Atualidade e adequação da base teórico-conceitual; Clareza e alinhamento do objeto de estudo ao foco e escopo da revista; Objetivos claramente explicitados e alinhados no resumo, introdução e conclusão; Percurso metodológico bem explicado e adequado aos propósitos do artigo; Boa apresentação e discussão dos resultados, dialogando com a base teórico-conceitual; Conclusões concisas e compatíveis com a metodologia empregada e com os resultados do trabalho; Originalidade e contribuição do artigo para a área de conhecimento.

Após emitir seu parecer descritivo e inseri-lo na página da revista o Avaliador deverá selecionar uma dentre as seguintes possibilidades de recomendação:

Aceitar;

Correções Obrigatórias;

Submeter novamente para avaliação (esta recomendação será equivalente a Rejeição);

Submeter a outra revista (esta recomendação será equivalente a Rejeição);

Rejeitar;

Ver comentários (não recomendamos usar esta opção).

Havendo divergência de opiniões entre os avaliadores será designado um terceiro especialista cujo parecer arbitrará a decisão editorial.

3) Os autores serão notificados pelos editores da Desenvolvimento em Questãosobre o aceite ou rejeição dos seus textos, com base nos pareceres recebidos. Eventuais sugestões de modificações de estrutura e/ou de conteúdo que se façam necessárias serão notificadas ao(s) autor(es), que se encarregará(ão) de fazê-las, no prazo máximo de 90 dias, utilizando a opção “marcar revisões” do Word, podendo, se for o caso, utilizar balões para comentários ou explicações. O arquivo com a versão corrigida deverá ser transferido para o sistema na mesma submissão já existente, que permanecerá ativa, como Versão do autor, no campo Decisão Editorial, seguindo os passos “Escolher arquivo” e, por fim, “Transferir”. O trabalho será arquivado se, decorrido este prazo de 90 dias, o(s) autor(es) não tiver(em) postado a versão corrigida.

 

Os Editores da Revista reservam-se o direito de sugerir ao autor modificações de forma a fim de adequar as colaborações ao padrão editorial e gráfico da revista. As opiniões expressas nas publicações são de responsabilidade do(s) autor(es) e não necessariamente expressam a opinião da revista.

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão arquivadas e devolvidas aos autores.

  1. A contribuição é original e inédita e não está sendo avaliada para publicação por outra revista, podendo constar de Anais de evento;
  2. O primeiro autor possui título de doutor e é o autor correspondente;
  3. O arquivo da submissão está em formato Microsoft Word, utilizando espaço entre linhas de 1,5 cm, letras Times New Roman, tamanho 12, em papel formato A4, e margens superior e esquerda de 3 cm e inferior e direita de 2 cm;
  4. As URLs para as referências online foram fornecidas;
  5. Em caso de submissão de artigo, as instruções disponíveis em Assegurando a avaliação pelos pares cega foram seguidas;
  6. O(s) autor(es) concorda(m) com os termos da Declaração de Direito Autoral.
 

Declaração de Direitos Autorais

Os autores que publicam na Desenvolvimento em Questão concordam com os seguintes termos:

a) A submissão de trabalho(s) científico(s) original(is) pelos autores, na qualidade de titulares do direito de autor do(s) texto(s) enviado(s) ao periódico, nos termos da Lei 9.610/98, implica na cessão de direitos autorais de publicação na revista Desenvolvimento em Questão do(s) artigo(s) aceitos para publicação à Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul, autorizando-se, ainda, que o(s) trabalho(s) científico(s) aprovado(s) seja(m) divulgado(s) gratuitamente, sem qualquer tipo de ressarcimento a título de direitos autorais, por meio do site da revista e suas bases de dados de indexação e repositórios, para fins de leitura, impressão e/ou download do arquivo do texto, a partir da data de aceitação para fins de publicação. Isto significa que, ao procederem a submissão do(s) artigo(s) à Desenvolvimento em Questão e, por conseguinte, a cessão gratuita dos direitos autorais relacionados ao trabalho científico enviado, os autores têm plena ciência de que não serão remunerados pela publicação do(s) artigo(s) no periódico.

b) A Desenvolvimento em Questão encontra-se licenciada sob a Licença Creative Commons Attribution que permite o compartilhamento do trabalho com reconhecimento da autoria e publicação inicial nesta revista.

c) Os autores têm autorização para assumir contratos adicionais separadamente, para distribuição não-exclusiva da versão do trabalho publicada nesta revista (ex.: publicar em repositório institucional ou como capítulo de livro), com reconhecimento de autoria e publicação inicial nesta revista.

d) Os autores têm permissão e são estimulados a publicar e distribuir seu trabalho online (ex.: em repositórios institucionais ou na sua página pessoal), antes ou durante o processo editorial, já que isso pode gerar alterações produtivas, bem como aumentar o impacto e a citação do trabalho publicado (Veja O Efeito do Acesso Livre).

e) Os autores declaram expressamente concordar com os termos da presente Declaração de Direito Autoral, que se aplicará a submissão caso seja publicada por esta Revista.