A Relação Universidade-Empresas Traz Prejuízo ao Desempenho Acadêmico de uma Universidade Pública?

  • Camila Aparecida Fonseca Souza Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp)
  • David Ferreira Lopes Santos Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp) https://orcid.org/0000-0003-3890-6417
Palavras-chave: Agronegócio, Ciência Tecnologia & Inovação, Ecossistema, Hélice Tríplice

Resumo

Esta pesquisa explorou a relação Universidade-Empresas a partir de um estudo de caso da Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV), Universidade Estadual Paulista (UNESP), visando entender quais os efeitos dessa aproximação no desempenho acadêmico dos docentes de uma universidade pública. Para tanto, avaliou-se comparativamente a performance de docentes com parcerias junto a instituições de mercado e aqueles que não o fazem, por meio da Fundação de Apoio a Pesquisa, Ensino e Extensão (FUNEP). A unidade de análise foram os docentes vinculados aos 11 Programas de Pós-Graduação da FCAV, com escopo temporal de 5 anos (2011 a 2016). As variáveis foram construídas a partir da fundamentação teórica do estudo. Os dados foram tratados mediante análise discriminante. Os 169 docentes que possuem projetos junto ao mercado constituem o Grupo 1. Os 127 que não apresentaram projetos estão no Grupo 0. Os resultados sinalizam que o envolvimento dos docentes em projetos com empresas para geração de tecnologia não concorrem com os outros objetivos da FCAV. Verificou-se que em nenhuma das variáveis estudadas a produção dos docentes com recursos junto ao mercado é inferior aos que não possuem, ao contrário, para algumas variáveis, os resultados foram superiores. Constatou-se que os docentes com projetos adjuntos a FUNEP são os que mais captam recursos financeiros. Concluiu-se que docentes com projetos junto a FUNEP quando não espelham o mesmo desempenho daqueles que não o fazem, apresentam resultados superiores, confirmando que a relação Universidade-Empresas não compromete a produtividade acadêmica desses profissionais.

Biografia do Autor

Camila Aparecida Fonseca Souza, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp)

Graduada em Administração pela Universidade Estadual Paulista. Foi bolsista de Iniciação Científica no programa PIBIC/Unesp e tem interesse por pesquisa na área de inovação e desempenho.

David Ferreira Lopes Santos, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp)

Doutor em Administração de Empresas pela Universidade Presbiteriana Mackenzie (2009), Mestre em Sistemas de Gestão pela Universidade Federal Fluminense (2004), Especialista em Controladoria e Finanças pela Universidade Federal Fluminense (2002) e Graduado em Administração de Empresas pela Universidade do Grande Rio (Câmpus Silva Jardim-RJ) (2001). Atua como Professor Assistente Doutor na UNESP - Jaboticabal/SP junto ao Departamento de Economia, Administração e Educação, também coordena o Programa de Pós-Graduação em Administração, Mestrado Profissional (2015-2017). Possui experiência profissional no mercado financeiro e na indústria de petróleo e gás natural. Interesses atuais para pesquisa: Inovação; Análise de Investimento; Estrutura de Capital; Agroindústria.

Publicado
2020-05-20
Como Citar
SouzaC., & SantosD. (2020). A Relação Universidade-Empresas Traz Prejuízo ao Desempenho Acadêmico de uma Universidade Pública?. Desenvolvimento Em Questão, 18(52). Recuperado de https://www.revistas.unijui.edu.br/index.php/desenvolvimentoemquestao/article/view/9818