Efeitos Heterogêneos do Capital Humano nos Salários: uma análise quantílica na Região Sul do Brasil

Palavras-chave: Capital humano, Salários, Discriminação

Resumo

Partindo-se da importância econômica e administrativa da temática salarial, aliada à Teoria do Capital Humano, o objetivo principal deste estudo é mensurar os efeitos do capital humano sobre os salários do trabalhador na região Sul do Brasil. Assim, tem-se como proposta, estimar os impactos do capital humano na remuneração para diferentes quantis de renda, identificando ainda, fatores discriminatórios. Para isso, utilizam-se os microdados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNADc) de 2019. A amostra é composta por 41.014 indivíduos, adota-se a correção do viés de seletividade de Heckman (1979), tendo como técnicas de análise regressões quantílicas com variáveis dummies e a decomposição salarial de Oaxaca-Blinder (1973). Os principais resultados indicam que os impactos do capital humano são heterogêneos e ascendentes nos quantis de renda, sugerindo evidências para o efeito glass ceiling para as mulheres e para não brancos no Sul do Brasil. Tangente à suposição de fatores discriminatórios, foram encontrados impactos negativos para as dummies de gênero e de raça/cor, sendo os superiores referentes ao gênero. A contribuição teórica tange à área de gestão de pessoas, adicionando resultados empíricos a questões de políticas salariais. A contribuição prática refere-se aos trabalhadores quanto aos retornos de se investir em educação. Espera-se ainda, que este estudo contribuía para elaboração de políticas públicas buscando igualdade salarial no Sul do Brasil.

Biografia do Autor

Paulo Sergio Ceretta, Universidade Feseral de Santa Maria (UFSM)

Doutor em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Professor da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)

Kalu Soraia Schwaab, Universidade Feseral de Santa Maria (UFSM)

Mestre em Gestão de Organizações Públicas pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Doutoranda em Administração na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)

Publicado
2020-04-24
Como Citar
CerettaP., & SchwaabK. (2020). Efeitos Heterogêneos do Capital Humano nos Salários: uma análise quantílica na Região Sul do Brasil. Desenvolvimento Em Questão, 18(51), 147-167. https://doi.org/10.21527/2237-6453.2020.51.147-167
Seção
Artigos