Políticas Públicas e os Espaços Democráticos: um Olhar Sobre a III Conferência Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional - Brasil

  • Silvia A. Zimmermann

Resumo

O Fórum Social Mundial (FSM) iniciou o processo de encontros da sociedade civil brasileira consolidando a transição democrática. Em seguida, multiplicou a agenda de conferências, fóruns e encontros de conselhos regionais/nacionais. Esses espaços asseguram a aproximação do Estado e da sociedade civil, garantem o reconhecimento de categorias excluídas e o seu fortalecimento, bem como identificação de novas categorias. No Brasil existem vários espaços de participação, e as conferências, particularmente, mobilizam múltiplos segmentos e se propõem à concertação de políticas públicas. Como, porém, se expressa em conferências o processo democrático e a garantia dos anseios dos grupos representados? Como se dá o processo de construção da política pública diante da diversidade de opiniões? Na seqüência, faz-se uma reflexão sobre as conferências, utilizando como objeto a III Conferência Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Fortaleza, 2007). Do evento participaram 1.800 pessoas: 1.333 delegados da sociedade civil e do governo (federal, estadual e municipal); 360 convidados nacionais e 70 internacionais de 23 países. Os dados sugerem um grau de complexidade de olhares e percepções no debate de uma mesma política, bem como no reconhecimento e garantia dos anseios das representações presentes.

Biografia do Autor

Silvia A. Zimmermann

Engenheira agrônoma, doutoranda do curso de Pós-Graduação de Ciências Sociais em Desenvolvimento, Agricultura e Sociedade, CPDA/UFRRJ. Integra o Observatório de Políticas Públicas para Agricultura (OPPA) como assistente de pesquisa.

Publicado
2011-10-20
Como Citar
Zimmermann, S. (2011). Políticas Públicas e os Espaços Democráticos: um Olhar Sobre a III Conferência Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional - Brasil. Desenvolvimento Em Questão, 6(12), 11-34. https://doi.org/10.21527/2237-6453.2008.12.11-34
Seção
Artigos