PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO PARA A ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA DE UM MUNICÍPIO DA REGIÃO METROPOLITANA DE PORTO ALEGRE-RS

  • Raquel Borelli Finatto Secretaria Estadual da Saúde
  • Karin Hepp Schwambach Secretaria Municipal da Saúde de Porto Alegre
Palavras-chave: Saúde, farmácia.

Resumo

A Assistência Farmacêutica (AF) constitui parte fundamental do serviço de atenção à saúde. Para sua efetiva implementação no contexto do SUS é fundamental ter como princípio básico norteador o ciclo da AF, o qual deve ser adequadamente planejado para assegurar a qualidade e a resolubilidade dos serviços prestados. Neste contexto, a qualificação do gerenciamento é possível a partir do planejamento, da organização e da estruturação do conjunto de atividade desenvolvidas. Desse modo, o Planejamento Estratégico Situacional (PES) surge como um instrumento para alcançar esse objetivo, pois é um método participativo, que permite analisar a realidade, diagnosticar os problemas e criar estratégias para solucionar determinada situação. O presente estudo apresenta o relato de caso da experiência vivenciada através da elaboração de um plano operativo (PO) para a Assistência Farmacêutica de um Município da Região Metropolitana de Porto Alegre, RS. Pode-se afirmar que o planejamento é um instrumento de gestão que, através da análise e discussão da realidade, busca propor alternativas, identificar meios para viabilizar uma transformação e realizar ações para executar as atividades planejadas. A ferramenta do PES através da elaboração do PO e a interação com os diferentes atores na oficina foi muito rica e contribuiu com a organização do serviço.

Publicado
2016-12-22
Como Citar
FinattoR., & SchwambachK. (2016). PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO PARA A ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA DE UM MUNICÍPIO DA REGIÃO METROPOLITANA DE PORTO ALEGRE-RS. Revista Contexto & Saúde, 16(31), 116-127. https://doi.org/10.21527/2176-7114.2016.31.116-127
Seção
Ciências Farmacêuticas & Saúde