DIREITOS HUMANOS E FRONTEIRAS: A REPRESENTAÇÃO DA MULHER NA MÍDIA

  • Vera Lucia Spacil Raddatz Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul - UNIJUI
  • Marjorie Barros Bock UNIJUI

Resumo

Este texto pretende discutir as fronteiras e os direitos humanos, a partir da perspectiva de como a mulher é representada na mídia de fronteira e a que tipo de violência ela é exposta. A pesquisa é de caráter qualitativo e interdisciplinar, aproximando os estudos sobre a mídia de fronteira e as perspectivas de gênero e direitos humanos. Baseia-se no resultado de projeto de pesquisa e na coleta de dados sobre as formas de representação da mulher na mídia de fronteira, no período de agosto de 2017 a maio de 2018. A pesquisa constata a vulnerabilidade da mulher e a sua exposição às diversas formas de violência, tanto física quanto simbólica, fenômeno que se verifica em regiões de fronteira.

Biografia do Autor

Vera Lucia Spacil Raddatz, Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul - UNIJUI
Dra em Comunicação e Informação; Professora do Programa de Pós Graduação em Direito - Mestrado em Direitos Humanos e do Curso de Comunicação Social da Unijuí.
Publicado
2019-09-13
Como Citar
Raddatz, V., & Bock, M. (2019). DIREITOS HUMANOS E FRONTEIRAS: A REPRESENTAÇÃO DA MULHER NA MÍDIA. Revista Direitos Humanos E Democracia, 7(13), 58-74. https://doi.org/10.21527/2317-5389.2019.13.58-74